H3N8 o vírus da foca


Um grupo de cientistas identificou uma nova estirpe do vírus da gripe que já matou mais de 160 focas bebês ao largo da costa Nordeste dos Estados Unidos e que se teme que venha a ter também consequências nos humanos.

A nova estirpe do vírus H3N8, segundo os investigadores da Escola de Saúde Pública de Mailman da Universidade de Columbia, parece derivar de uma outra forma que circulava nas aves, mas que agora atingiu estes mamíferos marinhos em Nova Inglaterra. As análises aos corpos que deram à costa permitiu perceber que as focas – quase todas com menos de seis meses – tinham pneumonias graves.
Share:

Biotecnologia torna agronegócio mais competitivo

Fruticultores potiguares encontram no manejo e no melhoramento genético a forma de ampliar produção.

Plantações a perder de vista por praticamente todo o Rio Grande do Norte, principalmente, nas regiões Oeste, Alto-Oeste, Seridó e Zona da Mata. Assim é o cultivo de cajueiro para obtenção da castanha, considerada a principal pauta de exportação potiguar. Nos seis primeiros meses do ano, a cajucultura negociou no comércio exterior 22,9 milhões de dólares, relativos à produção de 2,9 mil toneladas de amêndoas. Com as frutas frescas, acontece o mesmo. No caso do melão, o Estado produziu e vendeu nesse período 22,5 mil toneladas, o equivalente a quase 14 milhões de dólares, segundo cálculo do Centro Internacional de Negócios (CIN).
Share:

Droga consegue eliminar HIV latente


Investigadores da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill publicaram uma pesquisa pioneira demostrando o efeito de uma droga usada para tratar certos tipos de linfoma sendo capaz de desalojar o vírus escondido em pacientes que estavam a receber tratamento para o HIV.

A existência de reservatórios de HIV/SIDA latente persistentes no sistema imunológico que não são atacados por drogas anti-AIDS/SIDA é considerada uma das principais razões que leva ao reaparecimento da infeção quando os pacientes paravam de tomar a medicação. A interrupção e a depuração desses reservatórios são fundamentais para encontrar uma cura para a AIDS/SIDA.
Share:

Cientistas criam o primeiro pâncreas 3-D in vitro


O modelo 3-D microscópio permitirá aos investigadores ver como se desenvolve o câncer do pâncreas.

Os cientistas em Toronto criaram um minúsculo modelo órgão 3-D in vitro dos ductos pancreáticos para ajudá-los a realizar pesquisas sobre o câncer do pâncreas - um dos mais letais e menos compreendidos de todos os cancros. Este modelo inovador de órgãos em 3-D pode levar a novas maneiras de detetar e tratar o câncer do pâncreas, que tem uma taxa de sobrevivência muito baixa, sendo que apenas 6% dos pacientes sobrevivem cinco anos após o diagnóstico.

Pacientes com câncer pancreático têm um prognóstico muito reservado, pois o câncer causa poucos sintomas até atingir a sua fase final, altura em que já é intratável. É também particularmente agressivo, espalhando-se mais rapidamente do que muitos outros tipos de câncer. Os cientistas sabem muito pouco sobre o que faz e continua a ser um dos cancros menos financiados e estudados.

Com $200.000 (cerca de 165.000€ ou R$410.000) da Sociedade Canadense de Câncer, Dr. Senthil
Share:

Células estaminais rejuvenescem células cardíacas envelhecidas


Tecido cardíaco danificado e envelhecido de pacientes idosos com insuficiência cardíaca foi rejuvenescido através de células estaminais pluripotentes modificadas por cientistas, segundo a pesquisa apresentada nas Sessões Científicas 2012 da Associação de Ciências Cardiovasculares Básicas. O estudo foi publicado, simultaneamente, no Jornal do Colégio Americano de Cardiologia.

Segundo os investigadores, a pesquisa pode um dia levar a novos tratamentos para pacientes com insuficiência cardíaca.

"Como os pacientes com insuficiência cardíaca normalmente são idosos, suas células-tronco cardíacas não são muito saudáveis", disse Mohsin Sadia, Ph.D., um dos autores do estudo e investigador em pós-doutoramento no Instituto do Coração da Universidade do Estado de San Diego, em San Diego. "Nós modificamos essas células-tronco obtidas através de biopsia e as tornando mais saudáveis. É como voltar atrás no tempo para que essas células possam crescer novamente.”
Share:

Nova esperança para as doenças neurodegenerativas


Investigadores avançaram mais um passo para encontrar um tratamento para a fatal desordem neurodegenerativa Machado-Joseph (DMJ), após uma equipe de portugueses do Centro de Neurociências da Universidade de Coimbra serem capazes de deter a degeneração cerebral em ratos, bloqueando uma molécula chamado calpaína. A calpaína é conhecida por cortar a ataxina-3 (a proteína mutante que provoca DMJ) em fragmentos, e o estudo, que será publicado na revista Brain, prova que estes fragmentos são cruciais para desencadear a neurodegeneração.

Se o trabalho puder ser repetido em pacientes - e os resultados preliminares do mesmo estudo sugere que pode - as drogas para bloquear a calpaína podem-se tornar no primeiro tratamento capaz de parar DMJ.
Share:

Chip diagnostica malária e doença de Chagas


Um chip de poucos centímetros, mas que pode fazer o trabalho de um laboratório inteiro, é a aposta de cientistas brasileiros para o diagnóstico rápido e barato de três doenças que afetam principalmente a população pobre do Brasil e do mundo: malária, leishmaniose e Chagas.

Basta uma gota de sangue para que o dispositivo, criado por cientistas do Instituto de Física da USP de São Carlos, consiga detectar se alguém está infectado. O resultado está pronto em poucos segundos.

Hoje em dia, os testes de laboratório são a principal forma de diagnóstico destas doenças.
Share:

Biofilmes produzidos com mandioca, banana e quinoa protegem e garantem longa vida a vários alimentos


As mudanças nos hábitos alimentares e a falta de tempo no dia a dia de quem vive nas grandes cidades, além da busca por um consumo sem desperdícios, têm provocado aumento nos estudos sobre alimentos frescos que possam durar mais tempo na prateleira ou na geladeira. As novidades estão surgindo na forma de embalagens dotadas de biofilmes biodegradáveis e coberturas comestíveis que estão ganhando forma na Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Nos grupos de pesquisa das professoras Miriam Dupas Hubinger e Florência Cecilia Menegalli o desafio é conseguir embalagens baratas, práticas e não poluentes, além de fáceis de produzir.

Desde 2000, o grupo de Florência se volta para o desenvolvimento de embalagens biodegradáveis e coberturas comestíveis para frutas secas. Miriam e suas orientandas especializaram-se em coberturas para
Share:

Cientistas mapeiam genoma do espermatozoide humano

Pesquisadores da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, concluíram o mapeamento do genoma de 91 espermatozoides a partir de amostras retiradas de um único homem. Essa é a primeira vez que o sequenciamento completo de um gameta humano é feito. O estudo vai ajudar a compreender as possíveis variações genéticas a partir de um só indivíduo, além de aspectos relacionados à hereditariedade, infertilidade e mudanças na qualidade do esperma. Os resultados serão publicados nesta quinta-feira no periódico científico Cell.


A maioria das células no corpo humano tem duas cópias de cada um dos 23 cromossomos, chamados de células diploides. Mas os gametas, como o óvulo e o espermatozoide, têm somente uma cópia com 23
Share:

Implantes musculares criados em laboratório restauram função em animais



Uma nova pesquisa mostra que o exercício é um passo fundamental na construção de um implante muscular em laboratório, com o potencial de reparar os danos causados por lesões ou doenças no músculo.

Em ratos, estes implantes foram bem-sucedidos na regeneração e reparação do tecido muscular danificado ou perdido, resultando numa melhoria funcional significativa.

“Enquanto o corpo tem uma capacidade para reparar pequenos defeitos no músculo esquelético, a única solução para defeitos maiores é, cirurgicamente, mover músculo de uma parte do corpo para outra. Isto é como roubar Pedro para pagar a Paulo”, disse George Cristo, PhD., professor do Instituto e Centro Médico para a Medicina Regenerativa Wake Forest Baptist. “Ao invés de mover músculo existente, o nosso objetivo é ajudar o próprio corpo a desenvolver um novo músculo”.
Share:

Bactérias geneticamente modificadas evitam a transmissão da malária


Pesquisadores do Instituto de Pesquisa de Malária Johns Hopkins (Baltimore, Maryland - EUA) modificaram geneticamente uma bactéria comumente encontrada no intestino do mosquito Anopheles e descobriram que o parasita que causa malária em pessoas não sobrevive em mosquitos portadores da bactéria modificada. 

A bactéria Pantoea agglomerans, foi modificada para secretar proteínas tóxicas ao parasita da malária, mas as toxinas não prejudicam o mosquito ou os seres humanos. De acordo com um estudo publicado por PNAS, (Proceedings of the National Academy of Sciences/ Anais da Academia Nacional de Ciências) as bactérias modificadas foram 98 por cento eficazes na redução da carga do parasita da malária nos mosquitos.
Share:

Gel de nanopartículas um novo tratamento para o câncer


Os tumores caracterizam-se por secretar produtos químicos que confundem o sistema imunitário e debilitam as defesas biológicas.

Para combater esse efeito, alguns tratamentos de câncer tentam neutralizar o arsenal químico do câncer e melhorar a resposta imunitária, embora as tentativas de conseguir ambos, ao mesmo tempo, raramente sejam bem sucedidas.

Agora, os investigadores desenvolveram um novo sistema que, simultaneamente, proporciona uma dose equilibrada dos dois pontos referidos anteriormente: reforçar o sistema imunitário e contrariar, quimicamente, as secreções libertadas pelo câncer, conseguindo, assim, uma terapia poderosa que, nos ratos, retarda o crescimento dos tumores, tendo verificado tumores em remissão e um drástico aumento da taxa de sobrevivência.

Share:

Novo processo faz biocombustíveis render 20 vezes mais energia


Novo processo de obtenção de biocombustíveis melhora a recuperação de energia, e usa resíduos agrícolas

Um novo processo de produção de biocombustíveis criado por pesquisadores da Universidade Estadual de Michigan (MSU) produz energia mais de 20 vezes maior do que os métodos existentes.

Os resultados, publicados na edição atual de Ciência e Tecnologia Ambiental, mostram uma nova maneira de usar microrganismos para produzir biocombustível e hidrogênio, enquanto consumem resíduos agrícolas.

Gemma Reguera, microbiologista da MSU, tem desenvolvido sistemas bioeletroquímicos conhecidos como
Share:

Brasil cria chip para que pessoas com deficiência possam voltar a andar


Em Avatar, filme dirigido por James Cameron, o ex-fuzileiro Jake Sully (interpretado por Sam Worthington) é paraplégico. Mas, quando decide participar do Programa Avatar, suas conexões neurais o conectam a um avatar e então o ex-fuzileiro consegue andar. No filme, isso só ocorre quando o cérebro de Sully consegue controlar, de forma virtual, o seu avatar no belo mundo de Pandora.

No mundo real, apesar de muitos estudos científicos sobre o tema, ainda não é possível fazer uma pessoa com as limitações de Jake Sully voltar a andar. Mas cientistas brasileiros estimam que isso pode começar a ocorrer em 2030. A ideia de pesquisadores do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP), campus de
Share:

Células-tronco ovarianas existem?

As mulheres nascem com todos os ovos, ou possuem a capacidade de fazer mais?

Esse debate está em aquecido esta semana, pesquisadores liderados por Liu Kui da Universidade de Gotemburgo, na Suécia dizem que descartaram a possibilidade tentadora de que as células-tronco ovarianas existem.

Em fevereiro, Jonathan Tilly e seus colegas do Massachusetts General Hospital em Boston afirmam ter encontrado células-tronco em ovários humanos .

A notícia foi incrível, as células foram capazes de formar novos óvulos imaturos, e esperava que poderiam
Share:

Decifrando o genoma da banana


DNA de variedade selvagem pode ajudar a melhorar o fruto comestível.

Base da alimentação e da economia para mais de 400 milhões de pessoas no mundo, a banana, que foi "domesticada" há 7000 anos a partir de espécies selvagens, acaba de revelar o seu genoma.

A descodificação da sua informação genética foi feita por um grupo internacional de investigadores, coordenado pela equipe francesa de Angélique D'Hont, do CIRAD, o centro de cooperação internacional em investigação agronómica para o desenvolvimento, em Monpelier, França. E a informação, publicada hoje na revista Nature, pode ser
Share:

Mosquito transgênico combaterá a dengue


O Brasil dará início à produção em larga escala de mosquito transgênico que será utilizado para o combate à dengue. Neste sábado (7), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participou, na Bahia, da inauguração da fábrica com maior capacidade de produção mundial do mosquito da dengue estéril. A unidade funcionará em Juazeiro, na sede da empresa pública Moscamed, especializada na produção de insetos transgênicos para controle biológico de pragas. 

Com 720 m2 de área, a unidade fabril vai confeccionar em larga escala do macho do Aedes Aegypt geneticamente modificado. A produção do
Share:

Proteínas da seda servem para conservar vacinas


Uma nova tecnologia permite o uso de proteínas da seda para fabricar uma espécie de invólucro molecular que permite armazenar vacinas e antibióticos sem refrigeração durante anos, segundo um trabalho publicado na última segunda-feira (9) nos Estados Unidos.
A estrutura de seda pode se adaptar a uma série de formas, como microsseringas e microvesículas, que permitem a esses medicamentos não-refrigerados serem armazenados e administrados em um único recipiente.
As vacinas e os antibióticos podem, desta forma, ser preservados em temperaturas de até 60°, garantem os autores do trabalho, publicado na versão eletrônica dos Anais da Academia das Ciências americana.
A proteína da seda tem uma estrutura química única, que a torna mais robusta e resistente à umidade, e estável em temperaturas extremas. Além disso, é
Share:

Vacina contra a obesidade já em fase de testes


Um novo estudo, a será  publicado em breve no «Journal of Animal Science and Biotechnology», avalia a eficácia de duas vacinas (JH17 e JH18) na redução do ganho de peso e no aumento da perda de peso. Realizada com ratinhos, esta investigação pode ser um passo importante para a medicina lidar de uma forma mais eficaz com os problemas de obesidade.

As vacinas criam anticorpos contra o hormonio somatostatina. Esta, limita a ação de outras duas substâncias, o hormonio de crescimento (GH) e a IGF-1, uma proteína de fator de crescimento. Ambas contribuem para o aumento do metabolismo, o que
Share:

Hidratante que combate o cancêr de pele


Quando uma doença afeta a pele em profundidade, talvez tudo que é necessário é um hidratante sobrecarregado com tecnologia de “gene-regulação”.

Para as condições de pele, incluindo melanoma (um tipo de câncer que atinge o tecido epitelial) os tratamentos que são aplicados diretamente sobre a pele são a solução de droga ideal: eles são fáceis de usar e que afetam apenas a área sob as quais elas são aplicadas.

O problema é que a nossa pele é uma barreira tão bem sucedida contra as toxinas que encontrar substâncias
Share:

Por que a água quente congela mais depressa do que a água fria?


A Royal Society de Química está a oferecendo um prêmio de 1000 libras ( um pouco mais de R$3.000,00 para quem souber explicar por que é que a água quente congela mais depressa do que a água fria.
O fenômeno é observado e conhecido há muito tempo. No século IV a.C., Aristóteles questionava-se sobre este problema, morrendo sem o solucionar. O filósofo franciscano Roger Bacon também analisou o problema no século XIII d.C., mas não encontrou nenhuma resposta, assim como Francis Bacon e René Descartes no século XVII.

O fenômeno é utilizado como técnica para fazer congelados: são congelados depois de o líquido ser aquecido, por ser mais rápido.

Hoje, chama-se Efeito de Mpemba a este fenômeno, por ter sido redescoberto em 1968 por Erasto Mpeba, um estudante da Tanzânia, durante uma aula de laboratório. “Erasto perguntou ao professor por
Share:

Cientistas acreditam ter descoberto "partícula de Deus"


O Centro Europeu de Física de Partículas (CERN) inaugurou nesta quarta-feira uma nova era para a prospecção científica ao anunciar o descobrimento de uma partícula consistente com o 'Bosón de Higgs', a chamada 'partícula de Deus', que abre novos e mais importantes desafios para a física.

Após a apresentação pública dos resultados dos dois experimentos concebidos para achar o 'Bosón de Higgs', o diretor-geral do CERN, Rolf Heuer, confirmou que 'o mais provável' é que a partícula encontrada seja a defendida pelo físico Peter Higgs, considerada chave para a explicação da formação do
Share:

Pesquisa brasileira vai 'caçar' célula que espalha câncer

As células que estão entre as principais suspeitas de espalhar o câncer pelo organismo estão na mira de um estudo do Hospital A.C. Camargo, em São Paulo.


Pesquisadores da instituição vão fazer um mapeamento genético das chamadas CTCs (células tumorais circulantes), para tentar entender seus pontos fortes e fracos.


Com isso, seria possível, por exemplo, saber que tipo de quimioterapia teria efeito contra o câncer que está se espalhando pelo corpo. "É a aplicação mais direta possível da medicina personalizada", resume Marcello Ferretti Fanelli, diretor de oncologia clinica do hospital.

Share:

Vacina contra nicotina se mostra eficaz em ratos


A terapia genética pode funcionar como uma vacina e fazer com que o sistema imune inutilize as moléculas de nicotina.

 Esta nova técnica permitiu que os ratinhos deixassem de sentir os efeitos da substância responsável pelo vício do tabaco, mostra um artigo publicado na revista Science Translational Medicine.

A ideia de vacina está associada a doenças causadas por agentes patogénicos como as bactérias ou os vírus.

O corpo recebe pedacinho de uma dada bactéria, insuficiente para causar a doença, mas que provoca uma reação do sistema imune que passa a reconhecer aquele agente patogénico e produz anticorpos para o combater. Quando o corpo volta a ser infectado pela
Share:

Facebook

Sobre

Blog Archive