V-Chip: Um Biossensor de Bolso


Um novo dispositivo do tamanho de um cartão multibanco pode permitir testar o nível de insulina, várias outras proteínas, colesterol, infecções bacterianas e virológicas, isto de uma vez só, e apenas com uma gota de sangue.

O biossensor desenvolvido, de nome V-Chip, é rigoroso, barato e de fácil transporte. Estamos perante um aparelho que cabe na palma da nossa mão, e que realiza ensaios que são tipicamente feitos em laboratório, com equipamentos complexos e de grande porte, tais como espectrofotómetro, máquina de fluorescência ou cromatografia.

O V-Chip é constituído por duas finas peças de vidro; entre esses vidros estão localizados
poços para quatro parâmetros:

1) Peróxido de Hidrogênio;
2) Até 50 anticorpos para proteínas específicas, fragmentos de DNA ou RNA, ou lípidos de interesse, juntamente com a enzima catalase;
3) Soro;
4) Corante

O que acontece, de uma forma geral, é o seguinte: a substância de interesse (insulina, por exemplo) liga-se a anticorpos que estão na lâmina de vidro, a catalase é ativada e divide o peróxido de hidrogênio em água e oxigênio, sendo já esta técnica conhecida como ELISA  (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay).

Uma das grandes vantagens deste novo aparelho de bolso é o fato de os resultados quantitativos serem apresentados num gráfico de barras e de fácil leitura para qualquer pessoa. “No entanto”, afirma um dos investigadores, ”o trabalho de desenvolvimento continua. Queremos melhorá-lo e torná-lo ainda mais simples, de forma a que quase nem seja preciso manual de instruções”.

O desenvolvimento do V-Chip pode assim abrir portas a uma simples e personalizada forma de diagnóstico.


Texto: Pedro Lino
Fontes: ScienceDaily e Nature

Share:

Facebook

Sobre