Tecnologia do bafômetro poderá ser usada para diagnósticos


O famoso bafômetro, dispositivo portátil que detecta os níveis de álcool no seu sangue através do ar exalado, poderá ser usado para outros fins. 
O uso do aparelho foi uma revolução em diversos países, pela facilidade e confiabilidade dos seus resultados, o que ajudou a punir motoristas infratores e reduzir as mortes no trânsito. Agora, uma versão modificada do aparelho, poderá ser usada para diagnósticos de doenças.

Cientistas da Universidade de Vermont mostraram experimentalmente que uma técnica de análise através da respiração pode diagnosticar com máxima precisão diversas infecções bacterianas, de acordo com um artigo científico publicado no Journal of Breath Research.
Isso é algo animador. Diversas pessoas poderiam ter suas vidas poupadas se o diagnóstico fosse preciso e rápido, melhorando o acesso aos tratamentos adequados, reduzindo riscos de morte e propagação de doenças contagiosas, como a tuberculose.



Uma revolução na saúde: os cães farejadores de câncer e diabetes
Outros estudos já mostraram que gases específicos liberados por diferentes bactérias podem ser interpretados por mecanismos tecnológicos de identificação.

Pesquisas anteriores feitas com espectrometria de ionização secundária em massa mostraram a possibilidade de distinguir ratos saudáveis de ratos com infecções, apenas analisando o ar que eles exalam na respiração.
Animais como os cães, com seus olfatos absolutamente desenvolvidos, podem ser treinados para encontrar doenças como o câncer, dependendo da região do corpo, com uma boa taxa de acertos.
Share:

Facebook

Sobre