Novo método eficaz de radioterapia

Nós todos ouvimos o raciocínio com base no exemplo que "não se deve usar um canhão para matar uma mosca." Mas se pudessemos colocar todo poder de fogo do canhão em uma bala do tamanho da mosca?

Cientistas criaram uma nanopartícula de ouro capaz de transportar poderosas partículas radioativas diretamente aos pequenos tumores cancerosos sem causar danos significativos aos tecidos e órgãos saudáveis.

Normalmente, quando a radioterapia é recomendada para pacientes com câncer, os médicos podem escolher entre vários radiofármacos usando partículas radioativas de baixa energia, conhecidos como partículas beta.

Durante anos, os cientistas têm vindo a estudar a possibilidade de utilização de partículas alfa, que contêm uma grande quantidade de energia em tratamentos de câncer.

Os desafios de usar partículas alfa, com um peso de mais de 7000 vezes maior do que o beta, incluem a necessidade de limitar a um ponto específico no corpo, evitando que a radiação alcance os tecidos e órgãos, recentemente foi conseguido algum pequenos sucessos com controle de partículas alfa, mas apenas em certos tipos de câncer.

Por exemplo, um estudo recente, utilizando o cloreto de rádio-223, que emite partículas alfa, recebeu atenção e ação rápida da Food Administration and Drug Administration EUA (FDA), que tem se mostrado eficaz no tratamento de câncer ósseo.

No entanto, isso só funciona para o câncer ósseo.

A equipe de J. David Robertson e Mark McLaughlin, da Universidade de Missouri, acredita ter encontrado uma solução que irá efetivamente levar a partículas alfa de outros locais do corpo afetadas pelo câncer.

Robertson, McLaughlin e pesquisadores do Laboratório Nacional de Oak EUA Ridge (ORNL) no Tennessee, e da Universidade do Tennessee, em Knoxville, utilizam o Actínio um elemento que produz partículas alfa, que é bombardeado em pequenas folhas de ouro onde se pode obter uma partícula com muitas camadas radioativas.

O elemento central desse bombardeamento é corresponde ao original, o Actínio.

Esta configuração e outras características permitem que as partículas alfa interviram apenas quando eles são necessárias.

Tradução/Adaptação: Fernando Góis
Source: NCYT e MU
Share:

Facebook

Sobre

Blog Archive