Cientistas criam primeiro mapa de resistência humana ao vírus HIV

Um grupo de pesquisadores suíços elaborou o primeiro mapa de resistência humana ao vírus da aids, que mostra a forma como o corpo luta naturalmente contra a doença, o que poderá permitir a criação de tratamentos personalizados.

Cientistas da Escola Politécnica de Lausanne e do Hospital Universitário do Cantão de Vaud, na Suíça, publicaram hoje (29) os resultados do estudo conjunto sobre a doença na revista científica eLife.

Por meio do estudo, os cientistas verificaram mutações genéticas específicas e puderam reconhecer as variações registradas em algumas pessoas mais resistentes ao vírus e em outras mais vulneráveis, informação que poderá ser utilizada na criação de tratamentos individualizados.

Share:

Tribunal suspende ensaio de culturas de milho transgénico no México

O governo mexicano tentou recentemente permitir a prática de cultivo de milho transgénico no país – isto aborreceu activistas, agricultores e grupos de direitos humanos, que acabaram por avançar com uma acção para bloquear os ensaios da Monsanto e outras empresas internacionais.
Grist informa que, por enquanto, o México permanecerá parcialmente livre das variedades transgénicas do cereal – mas não totalmente, já que as importações de organismos geneticamente modificados (OGM) continuarão a ser permitidas.
Um juiz federal mexicano emitiu uma ordem que suspende o avanço de ensaios em produções agrícolas, alegando os riscos de danos ambientais iminentes implicados no processo. Para o México, esta é uma batalha sobre práticas agrícolas e impactos ambientais, tais como o uso de pesticidas e danos causados ​​aos insectos – não é uma luta sobre a segurança da ingestão de OGM.
Share:

Testes em animais _ eBiotecnologia TdE#Piloto

Share:

Pesquisadores do Ipea defendem regulação da propriedade intelectual mais adequada ao país

Pesquisadores defendem um modelo de regulação da propriedade intelectual mais adequado ao contexto brasileiro, para tornar as pesquisas no setor de biotecnologia mais competitivas no país. Eles analisaram o tema durante a apresentação do livro Propriedade Intelectual e Aspectos Regulatórios em Biotecnologia, lançado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).


O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos e presidente do Ipea, Marcelo Neri, e pesquisadores do instituto, defenderam a discussão do tema nessa manhã, quando foi apresentado um estudo que comparou a legislação brasileira do setor com a dos Estados Unidos, da União Europeia, do Japão, da China e da Índia.
Share:

Como ocorre o transporte celular leva o Prêmio Nobel de Medicina

A descoberta de como as células organizam seu sistema de transporte rendeu nesta manhã o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina aos pesquisadores norte-americanos James Rothman e Randy Schekman e ao alemão Thomas C. Südhof. Trabalhando de modo independente no princípio, os três cientistas descobriram a maquinaria que regula o tráfego de vesículas, o que os organizadores do Prêmio Nobel chamaram de "maior sistema de transporte das nossas células".

É esse sistema que está por trás, por exemplo, do transporte de insulina no corpo. Após a substância ser produzida e liberada no sangue, sinais químicos (ou neurotransmissores) são enviados de uma célula nervosa a outra. E as moléculas são transportadas pelas células dentro de pequenas bolhas - chamadas de vesículas. O trio, em estudos complementares, observou o que é preciso funcionar para que essa carga seja entregue no lugar certo e na hora certa dentro ou fora da célula.

Share:

HPV: pesquisador esclarece o que é e como se proteger do vírus do papiloma humano

O vírus do papiloma humano (VPH ou HPV, do inglês Human Papiloma Virus) é um vírus sexualmente transmissível com mais de 100 tipos diferentes. Na maioria das vezes, não causa lesões ou sintomas, mas pode ser transmitido mesmo quando não há sinais visíveis. Por isso, sua disseminação é comum. O ginecologista com especialização  em patologia cervical e colposcopia do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) Fábio Russomano explica como ocorre a transmissão do HPV e as formas de se proteger contra a doença.

O que é o HPV?
É um vírus que se adquire durante relações sexuais. Como é muito comum, a maioria das pessoas que tiveram relações sexuais - estima-se cerca de 80% - se contamina durante a vida. E isto costuma acontecer logo no início da vida sexual. Ele é encontrado mais frequentemente na região genital de homens e mulheres, mas existem mais de 100 tipos conhecidos e alguns podem ser encontrados na pele e outras regiões do corpo. Aqui vamos falar apenas das questões relacionadas à infecção genital e seu aspecto mais relevante, que é sua relação com o câncer do colo do útero.

Share:

"Nariz artificial" identifica ameaça de envenenamento do sangue e infecção generalizada em cirurgias

Um "nariz artificial" capaz de detectar o odor de germes que produzem o envenenamento do sangue e que poderia ajudar a salvar muitas vidas e reduzir custos médicos foi apresentado no domingo em uma conferência nos Estados Unidos.

Os cientistas que desenvolveram este nariz afirmam que pode mostrar em 24 horas se o sangue de um paciente tem a bactéria que causa septicemia (condição que leva a infecção generalizada), e ganhar desta forma dois dias em comparação com outros métodos convencionais.

 A atual tecnologia envolve incubar amostras de sangue em recipientes por 24 a 48 horas apenas para ver se a bactéria está presente – afirmou James Carey, pesquisador da Universidade Nacional de Kaohsiung em Taiwan. – Leva outras 24 horas ou mais para identificar o tipo de bactéria para selecionar o antibiótico adequado para tratar o paciente. Nesse momento, os órgãos do paciente podem estar prejudicados ou (o paciente) pode estar morto por septicemia.

Share:

Biotecnologia emprega quase 100% dos formandos

Tecnologia da manipulação de células vem crescendo no mercado brasileiro

A biotecnologia e a biodiversidade são dois dos grandes diferenciais do Brasil na competitiva economia globalizada que vivemos. Foi pensando neste potencial que o Governo Federal solicitou em 2013 ao Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia a elaboração de um grande programa para incentivar pesquisa e produção nessas áreas.

O incentivo federal vai ao encontro de dados que já podem ser observados no País. "Graças ao trabalho da biotecnologia, o Brasil economiza R$ 14 milhões no uso de fertilizantes nitrogenados", afirma a pesquisadora da Embrapa Soja de Londrina, Mariângela Hungria.


Share:

Facebook

Sobre